Os Materiais mais duros do mundo

MATERIAIS MAIS DUROS

Para que o mundo chegasse aos moldes conhecidos atualmente, muito foi descoberto e aprimorado em muitos ramos. Logo, ao longo da história, materiais foram descobertos, assim como funções e aplicações para eles.

Você já parou pra pensar o quanto as coisas evoluíram no mundo? O quão pode ter sido acidental essa evolução? Atualmente, vivemos na era dos estudos elaborados onde se sabe o que, bem como para que e onde pesquisar, quando se quer descobrir algo. Mas nem sempre foi assim, anteriormente, a grande maioria das descobertas cientificas era feita de forma acidental.

Quando se descobria um novo material, por exemplo, sem a tecnologia atual para possibilitar um estudo molecular identificando assim suas características, pense o quanto era difícil para que se achasse uma aplicação cabível real a ele.

Podemos tomar como exemplo disso os materiais duros, que são encontrados na natureza. Provavelmente quando se encontraram os primeiros, não se tinha noção de suas propriedades e para que eles serviam. Conforme o tempo passou, é provável que se tenham feitos testes de aplicação de suas propriedades. E essa curiosidade em descobrir para que servia tal coisa pode ter evoluído a tal ponto de criar referenciais como os padrões de dureza.

QUAL O PARÂMETRO DE DUREZA

Os padrões de dureza, como já dito aqui no blog, são referenciais que possibilitam a medição por comparação, através de equipamento especifico, de o quão determinado material é duro. Para que isso ocorra, alguns parâmetros auxiliam esse processo.

Esses parâmetros são divididos através de escalas que medem a dureza, tomemos como exemplo a escala Mohs, ela serve para classificar a dureza, especificamente, dos minerais, mais exclusivamente sobre sua capacidade de penetrar e retirar partículas de outros materiais, ou seja, riscá-los.

Os minerais são os materiais mais duros conhecidos pelo homem, por isso no texto de hoje usaremos apenas a escala Mohs como padrão de medição de dureza.

OS MAIS DUROS

A escala de Mohs elenca dez minerais de acordo com o seu grau de dureza, são eles:

1º Talco;

2º Gipsita (ou gesso);

3º Calcita;

4º Fluorita;

5º Apatita;

6º Feldspato / ortoclásio;

7º Quartzo;

8º Topázio;

9º Corindon;

10º Diamante.

Essa classificação elege o talco como o material com menor dureza e menos poder de riscar outros materiais e o diamante como elemento mais duro encontrado na natureza, podendo ser riscado somente por ele mesmo.

Normalmente, salvo quem trabalha ou estuda a área, temos muito pouco contato com esse padrão de dureza e o que é mais comum ao nosso redor, são os utilizados na indústria em geral, porém essa escala é fundamental para que se façam, por exemplo, os materiais para indústria, como maquinários que cortam outros materiais de dureza elevada, como algumas ligas metálicas.

Atualmente, tem se discutido a existência de materiais mais duros que o diamente, porém ele não perde seu posto de material mais duro, pois as condições para se forjar esses minerais são quase inexistentes na natureza,  nem mesmo sua reprodução em laboratório tem grande efetividade ainda.

COMO É MEDIDO A DUREZA DE UM MATERIAL

A dureza de um material é medida de acordo com um padrão mais adequado à sua formulação, sua medição deve ser feita através de equipamento especifico, geralmente, um durômetro.

Essa medição permite que se saiba corretamente a dureza do material que está sendo trabalhado, com isso, determinar exatamente quais equipamentos condições necessárias para seu manuseio.

MEDIÇÃO DE DUREZA EM CURITIBA

A DUROCONTROL Ind. e Com. ltda, é uma empresa com mais de  20 anos de experiência no mercado de medição de dureza. Entre em contato conosco e tire suas dúvidas. Ligue(41)3252-1088 ou acesse nosso site www.durocontrol.com.br.